30 de setembro de 2008

Alcacerenses praticam desporto

Foi com imenso prazer que, mais uma vez, me desloquei à ponte Vasco da Gama para fazer a meia maratona de Portugal.
Levantar cedo... comer à pressa ... viajar... vestir equipamento... andar de autocarro... e começar a correr. Rotinas comuns mas que implicam muito investimento pessoal e familiar.
Mas o mais importante é que não fui sozinho. Fui com amigos que também gostam de correr e me ajudam a correr.
Mas será que só fomos nós de Alcácer do Sal?
Não, o Clube de "BTT Cegonhas do Sado" tem organizado, ao longo dos últimos anos, a deslocação de centenas de Alcacerenses a esta prova.
E no dia 28 de Setembro lá estavam eles... todos contentes e divertidos por praticarem desporto.
Vão por mim... pratiquem desporto e vejam que no dia seguinte têm um sorriso maior na vossa boca.

15 de setembro de 2008

Parabéns aos «Stone Slaves»

Mais uma vez, parabéns a esta banda de Alcácer do Sal, “Stone Slaves”, que venceu o III Festival de Bandas de Garagem.
Este pessoal não faz a coisa por menos e a vitória é a única coisa que lhe podia acontecer.
Mas o mais importante é a música que fazem. E serem reconecidos numa terra de músico é um facto impressionantes.
Continuem a fazer musica e obriguem-nos a passar noites agradáveis com o vosso som.
E assim os dias passam melhor... vão por mim que sou um grande apreciador destas pessoas.

8 de setembro de 2008

Rute Canhoto, A Alcacerense Ilustre

Este mês começa bem...
Depois de um certo arrefecimento por causa das férias, e não querendo contribuir com notícias disparatadas, abrimos o mês de Setembro com uma das melhores coisas que já aconteceram este ano.
“Almira, a Moura Encantada” é um livro e foi escrito por uma ilustre Alcacerense: Rute Canhoto.
E a nossa Rute, sabendo aquilo que custa a vida, oferece, a todos os leitores, em bandeja dourada, alguns sonhos e esperanças que além de glorificarem Alcácer do Sal, mostram a raça de uma geração que pretende afirmar-se mas a quem muitos botas de elástico ainda não compreende.
Por isso, vá comigo até à Biblioteca Municipal comprar o livro e entenda porque é que os mais jovens são o futuro desta cidade e deste concelho.