31 de março de 2010

Apenas um reparo...

Por favor:
Tenham coragem para dizer sempre essas pequenas palavra que lhes estão presas ao peito. Levantem-se e mostrem a Vossa opinião.
Gritem aos quatros ventos a vossoa recusa. Deitem fora essa letargia que Vos impede de mostrar a vossa insatisfação.
Mas... Não se façam passar pelo nome de outras pessoas para dizer palavras que não são Vossas.
Assumam o que dizem ou guardem o anonimato.
Os comentários que são aqui publicados são aqueles que estão, do meu ponto de vista, dentro de um certo limiar de decoro mas...
Vão por mim.. e assumam o que dizem nos vossos comentários porque senão... esta pequena montra de desabafos, poderá fechar e assim muitos de Vós podem perder um pequenino espaço de afirmação...

E por estes dias...

Faça uma visita á Capadócia...

30 de março de 2010

O PEC visto do exterior...

Nos dias que correm um príncipe da arábia saudita foi estudar para a Alemanha.
Um mês depois escreveu uma carta ao pai a dizer : - Pai, Berlim é espectacular, os alemães muito simpáticos e eu estou a gostar de cá estar. Mas, sinto-me um pouco constrangido por ir para a universidade no meu Mercedes dourado quando os professores viajam de comboio.
Algum tempo depois recebeu a resposta do pai numa carta com um milhão de dolares.
Na carta o pai dizia :
- Filho, pára de nos embaraçares! Compra um comboio para ti também.
Por isso vão por mim e... pensa que a simplicidade é um tesouro infinito. Se não podes ter o que queres, contenta-te com o que tens!

23 de março de 2010

Dos escritores e dos livros...

Ai que eu gosto tanto de livros...
Mas agora, pelos vistos, usam-se guilhotinas para destruir livros. Foi o que fez há dias uma editora.
A guilhotina cumpriu as ordens, destroçando livros de muitos escritores que todos conhecemos…
Estavam a mais e ocupavam muito espaço…
Porque não oferecer os livros ás novas escolas e ás novas bibliotecas que se estão a construir por todo o país???? Não. O melhor é irem para a guilhotina!
Como se pode ver, existem ainda pessoas com uma especial particularidade de destruir livros em nome da mais pura ganância económica.
Por isso vão por mim e se tiver alguns livros a mais guarde-os... porque sempre podemos compensar os erros dos outros!

21 de março de 2010

Adiante...

"As previsões são muito difíceis de fazer... principalmente sobre o futuro".
E quem disse isto? Niels Bohr

15 de março de 2010

Maria Helena da Rocha Pereira - Prémio 2

Hoje quero falar de alguém que merece um grande prémio. Hoje quero falar de quem fez muito por mim... e por todos aqueles que amam a Helade.
A ensaísta Maria Helena da Rocha Pereira, professora catedrática jubilada da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, foi a vencedora do prémio Vida Literária da Associação Portuguesa de Escritores/Caixa Geral de Depósitos.
O galardão, no valor de 25 mil euros, foi atribuído por maioria por um júri de nove membros, e teve como critério o mérito.
E Maria Helena Rocha Vieira merece por ter «moldado sucessivas gerações de leitores além de ser uma referência viva da cultura a que pertencemos.
Para a ensaísta, o prémio Vida Literária é um prémio «bem-vindo» e premeia a «grande dedicação» que ao longo de uma vida tem dedicado à Literatura e Cultura Clássica.
E já agora vão por mim e... arranjem mais um prémio para o saudoso António Freire S.J. que ele também...

12 de março de 2010

Vitórias «Made in Alcácer do Sal» - Prémio 1

O nosso grupo musical "Stone Slaves", foi o vencedor do 1º Festival Bandas de Garagem "Rock N`Bee", realizado, nos últimos tempos, no salão dos Bombeiros Voluntários de Mondim de Basto.
Este enorme festival consagrou os melhores que são os "Stone Slaves". E este grupo é formado pelo quinteto: Jimmy (guitarra e voz), Nuno (bateria), Freak (guitarra), Karlão (baixo) e Vieira (guitarra).
Vão por mim e... deixem a música para quem sabe já que eles são muito BONS...

9 de março de 2010

Vai mais uma mentira???

Vivemos num tempo estranho e sem qualquer tipo de pejo...
No final do século XIX, já Nietzsche utiliza o termo transmutação como um dos conceitos operatórios fundamentais da sua filosofia, ao propor uma total transmutação dos valores da cultura Ocidental E esta proposta não era no sentido de se alcançar um estado de niilismo passivo, mas sim uma mera possibilidade que poderia levar, não só à destruição como também à criação de novos valores. E com isto aconteceu a morte de Deus... E isto é uma catástrofe... ora veja.
Estamos num tempo em que podemos chamar mentiroso a quem quisermos sem que nada nos aconteça. Nenhuma contestação... e fica tudo na mesma. já ninguém se inporta, já ninguém se indigna.
Nos tempos que correm a mentira constitui um dos principais atributos das relações sociais, instituindo-se como valor eticamente perverso e destrutivo em todos os níveis da vida dos homens. E essa mentira transforma a relação entre as pessoas em lama e farsa. Ela tem a sua eficácia garantida pela permeabilidade e maleabilidade destas mentes errantes, homens de duas faces. Porém, a sua dimensão perversa pune tudo e todos. já ninguém dá valor a palavra do outro. nem os que falam nem os que assistem. Hoje todos vão assobiando para o ar!!!
Chamar mentiroso a alguém é uma coisa "gira". É banal e por isso os mentirosos são legitimados.
Vão por mim e... reflictam pois a banalização da mentira é um factor de afastamento das pessoas, de desagragação cultural e nunca poderá resolver os problemas que estamos a passar.

7 de março de 2010

A importância do Turismo e o desenvolvimento esperado...

Era uma vez...
Há muitos, muitos anos que se anda a discutir a importância que o turismo pode representar para a nossa região...
E há até quem chegue a avançar que o futuro da região pertence ao turismo: temos excelentes condições climatéricas, temos características culturais e paisagísticas. Mas, apesar de termos a dupla “sol e praia” temos de ser capazes de atrair turistas e visitantes que procurem novas experiências, novos destinos... um certo enriquecimento cultural e mesmo gastronómico.
E como é ceto que não temos a desculpa de sermos uma região isolada e sem acessos... seria tempo de apostar forte e sem medos.
No entanto, só se conseguirá um bom resultado se houver um investimento responsável em certos factores primordiais: qualificação de recursos humanos, promoção regional e ... já agora temos de fazer algo de novo.
É necessário ainda que haja uma mudança nas prioridades dos empresários, já que os visitantes e turistas não consomem somente alojamento e restauração. Compram bens, se existirem, tomam contacto com empresas da região e....
É nesta dinâmica concelhia de atracção de outros consumidores, os turistas, que reside a oportunidade que o comércio tradicional e as microempresas tanto necessitam.
E vão por mim e... provemos que somos capazes de encontrar a excelência do serviço para que quem nos visita saia surpreendido. Não nos devemos confinar a resultados medíocres.

3 de março de 2010

A Minha Rua...

- Pai, Pai... a nossa rua tem um rio, como muita água, com muita água.

2 de março de 2010

Quem é que construíu a sua casa em terra de areia?

Ainda bem que implantou a sua casa em terreno de areia... e na próxima vez que sacudir a areia dos pés dê alguma atenção aos pequenos grãos. São a fonte de energia do futuro, a acreditar numa empresa californiana que acaba de anunciar baterias que transformam a areia em electricidade.
Para garantir que não se trata de mais uma megalomania de um qualquer inventor de Silicon Valley, a apresentação da descoberta foi feita por Arnold Schwarzenegger, o actor-governador da Califórnia E entre os convidados estavam um dos fundadores da Google e o presidente da eBay.
Vão por mim e... não se importem de perder tempo a proteger a vossa areia. Afinal, começaram a ver a areia com outros olhos.