29 de março de 2011

As Cegonhas, os Sacarrabos e o Sócrates

Quando a terra dos sonhos parece estar tão distante, eis que surgem factos que comprovam que tudo está ligado.

No país real predominam zonas de sobreiro que têm os troncos despidos de cortiça. Todas as árvores são diferentes... Metade delas cheias de folhas e outra metade de ramos secos que daí a uns anos estarão morta...

No país real as cegonhas, presença assidua nas cearas, pousios e arrozais continuam a carregar ripas de madeira para refazer o ninho, e com a presença dos lagostins vermelhos, podem ficar por cá o ano todo. Não têm reportório vocal limitando-se a emitir ginchos repetitivos e a executar batimentos com o bico.

No país real os sacarrabos continuam a entrar no pombal da catarina para matar. A cobra, o coelho e a lebre, seu alimento preferido, tornou-se escasso. E do seu rabo se fazem os melhores pincéis de óleo... Dos sons que produzem ainda não temos conhecimento exacto.

As cegonhas vieram do sul e por cá ficaram... Os sacarrabos vieram do sul e por ca ficaram. As cegonhas vieram sozinhas e os sacarrabos vieram com os primeiros arabes lá da etiópia..

E como estes animais selvagens não têm predadores naturais devem ser capturados em armadilhas!

No país dos sonhos Sócrates ainda vive...procura sempre convencer alguém de que não possui a verdade. E ainda percorre toda a cidade na procura de alguém mais sábio! A sua palavra confunde os seus adversários e os seus díscipulos, mas o seu fim é apenas dizer a verdade!

Sócrates não tem predadores naturais logo teve de ser aprisionado com armadilhas.

Assustados lutam mas não podem evitar os seus destinos!

Os meus olhos são verdes

Não contes a ninguém, mas os meus olhos são verdes.

Eu sei que parecem castanhos. De longe parecem castanhos. Nas fotos saem castanhos. Mas na verdade são verdes.

Quando vejo os meus olhos, vejo tudo verde.

Quase ninguém sabe disso. Só quem me olha de perto fica a saber. Só quem me olha nos olhos descobre que os meus olhos são verdes. Só quem tenta desvendar o que se passa por trás dos meus olhos sabe que são verdes.

Só vejo a verde. Tudo o que vejo é verde.

Todos os outros continuam a pensar que tenho olhos castanhos.

28 de março de 2011

Tudo deveria ter ordem...

Em qualquer dia que já passou, a coroar uma tarde particularmente agradável, vi uma estudante de mini-saia, a percorrer a avenida josé saramago, montada numa bicicleta, com o ar selvagem e saudável das mondinas do sado, com as suas pernas iluminadas pela luz difusa dos faróis à meia luz.
Cruzámos os nossos olhares - enfim, atravessei-me no seu campo de visão -, tentando guardar a imagem dos seus olhos verdes..
Minutos depois, ainda na mesma avenida, cruzo-me com um folião do corso carnavalesco... horrendo.
Deve haver lugar no mundo para toda a gente, mas, meu Deus, na próxima vez envia-me o folião primeiro e a estudante da bicicleta depois.

18 de março de 2011

Trajectórias de Futuro!

O que são relações de poder? Qual é o saber para poder?

Algumas perguntas, muitas respostas…

Só com um trabalho crítico actual, procurando rupturas, tematizando problemas específicos e enfatizando novas práticas sociais ancoradas em mecanismos de poder fazer darão as possíveis soluções... modernas e actuais.

Temos de procurar e focalizar em novas ideias práticas ao nível do saber, do género, do tempo.

O todo como uma rede de formações discursivas faz sempre uso de múltiplas relações de poder. E, não se esqueçam que esta análise deve remeter para um sentido ético, para um conjunto de comportamentos, de práticas, de conflitos e de lutas... um regime de verdade específico.

E não visamos a construção de uma nova teoria do conhecimento (saber limitado em idéias), mas, uma realidade construída e existente... acumuladora de imperativos práticos mobilizadores!

Sapere Aude!

16 de março de 2011

Cuidado com o gelo...

Como nos enganamos!
Pensávamos que era inofensivo. Mas não é o caso! E reparem nestes estudos sobre o facto...
Existe a evidência que:
Vodka + Gelo = prejudicam os rins!
Rum + Gelo = prejudicam o fígado!
Whisky + Gelo = prejudicam o coração!
Gin + Gelo = prejudicam o cérebro!
Cachaça + gelo = prejudicam o esôfago!
Pelo que parece esse "rapazote" do gelo é que estraga tudo!

14 de março de 2011

Gödel, Escher, Bach: Laços Eternos

Acabei de ler a célebre obra de Douglas R. Hofstadter, "Gödel, Escher, Bach: Laços Eternos".
Há quem diga que é uma das obras-primas da escrita científica do século XX. E eu gosto desta ciência... apesar de certos temas ultrapassarem a minha faculdade de os poder entender.
Deixo aqui algumas questões para quem saiba responder...
- Será que a nossa razão tem consciência do caos?
- Todos os números naturais são reais?
- A auto-referência é um conjunto de dificuldades?
- A flexibilidade mental é importante....desde que coloquemos uma moldura (frame) na criatividade?
- Afinal, a frame (conjunto) de Cantor limita o infinito?
São cerca de um mil páginas e....
A tragédia dos leitores (cientistas, matemáticos, filósofos e artistas) é que a porta aberta pelo livro é um buraco na fechadura que permite espreitar para alguns dos problemas que fazem sangrar o pensamento humana desde...
Desde que pensamos livremente sobre o mundo que nos rodeia.
E isto é ciência, matemática, arte - música e pintura -, religião, teatro... em suma: Filosofia.Ser Homem.

12 de março de 2011

Está difícil criar palavras...

Um conjunto de letras. Duas ou três palavras. Uma frase pequena. Um texto que faça sentido.
Falta tempo para construir frases grandes. Não frases grandiosas.
Dar sentido à palavra e à frase é construir uma nova moradia. Um jogo. Um espelho. Uma janela de oportunidade.
Gostava de ter mais tempo. Gostava de construir um portal de sentido. Dizer palavras que enchessem de sentido os leitores.
Construir lugares de chegada. Onde ninguém está. Que ninguém percorreu.
Palavras rachadas, fendidas. Que mostrem e que escondam. Densas.
Todas as palavras deviam começar por ser uma pequena neblina matinal. E num momento, numa reviravolta de sentido, através de um brilhante raio de sol, mostrarem uma porta de saída.
É aí que a palavra serve. Cria.

11 de março de 2011

Mais água? Já não se aguenta!

Quando todos esperávamos começar a vestir T-Shirts...continuamos debaixo de chuva.
Ninguém merece um fim-de-semana assim...
Que saudades da Primavera!

7 de março de 2011

Isto sim... é Carnaval!

«[...] Segundo o princípio da maior felicidade [...], o fim último, por referência ao qual e em virtude do qual todas as outras coisas são desejáveis (quer estejamos a considerar o nosso próprio bem ou o das outras pessoas), é uma existência tanto quanto possível isenta de dor e tão rica quanto possível em prazeres, tanto em quantidade, como em qualidade; [...]»
Stuart Mill

6 de março de 2011

Leiam mais Livros e menos Blogues...

Ultimamente é o que acontece a muitos leitores...
Não que ler um bom livro se torne um lazer em declínio, apenas estamos à procura de outros hobbies que nos ajudem a lidar com o stress, a acalmar e reduzir um pouco o ritmo.
E um dos novos interesses para o qual se está a despertar é a "horticultura" que, tendo em conta que, todos temos um espacinho livre em nossa casa, sempre podemos desenvolver plantando umas ervas aromáticas umas alfaces....
E é durante a implementação deste novo "hobbie" que nos podemos aperceber do nosso grave problema de impaciência.
A Natureza leva o seu tempo mas nós queremos os resultados para ontem, o que nos leva a verificar as "plantações" quase diariamente...Claro que percebemos que algo de errado se passa connosco e que é altura de diminuir o ritmo (ou pelo menos tentar).
Por isso está na hora de ler um bom livro e deixar para depois a leitura apressada de uns quantos blogues que nada nos dizem de novo.
É melhor reflectir nisto... antes que pare de vez...

5 de março de 2011

Delírios de carnaval...

Começa a ser claro para todos que os dirigentes que constroem delírios sobre a realidade e perdem essa noção de simplicidade já não fazem sentido nos tempos que correm. São uns perfeitos lunáticos, que se julgam amados pelos seus povos, mas que afinal estão à beira do precipício.
Mas, já agora, nem todos andam com as suas tendas ás costas e com uma guarda de «amazonas»...
Outros conseguem disfarçar melhor, apesar das suas posturas cómicas..
O Norte de África já faz parte do Sul da Europa!

3 de março de 2011

Verdades...

1.«Toda a verdade impressa em todas as mentes, é verdade indubitável;»
2. «Toda a verdade que é patenteada por toda a creatura, é verdade indubitável»;

3.«Toda a verdade certíssima e evidentíssima em si mesma, é verdade indubitável».
S. Boaventura