1 de janeiro de 2013

Bom Ano Novo. Ano Novo?


Bom ano para todos.
E se entramos num ano novo poderíamos ter um ano novo. Mas será que este vai ser uma ano novo?
Podia ser Novo na definição da Pessoa como agente determinante do mundo.
Podia ser Novo no respeito pelos outros na sua dignidade, autonomia e inviolabilidade.
Podia ser Novo na manutenção dos princípios base da educação com vista ao sucesso dos alunos e dos professores.
Podia ser Novo na luta pela liberdade e pela justiça do Homem na sua relação com os outros.
Podia ser Novo nas políticas económicas e sociais.
Podia ser mesmo Novo, não podia? 

E claro, nestas alturas, lembro-me sempre de uma máxima da vida que nos diz: sonhar não custa, o que custa é viver. O melhor mesmo é apertar o cinto, já que vamos entrar numa grande zona de desconforto!

Bom Ano 2013!

Sem comentários: