28 de maio de 2013

Dias de diversão para as crianças

«Ateliês, cinema e teatro são as actividades agendadas pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal para três dias de festa destinados a assinalar o Dia Mundial da Criança, que se celebra no próximo sábado, 1 de Junho.
No dia em que se assinala a efeméride, a Biblioteca Municipal de Alcácer do Sal transforma-se na Biblioteca de Talentos, com actividades destinadas às crianças e respectivas famílias. Das 10h30 às 12h30 realiza-se um ateliê de pinturas faciais, da responsabilidade de Cátia Hilário, e haverá modelagem de balões com Bruno Lavado. À tarde, pelas 15h00, tem lugar a Hora do Conto, onde o livro a ser apresentado é “Meninos de todas as cores”, de Luísa Ducla Soares, reflectindo sobre a multidiversidade que povoa o mundo. Meia hora depois, as crianças podem dar largas à sua imaginação com um ateliê de pintura. Destaque ainda para a exposição e venda de trabalhos em EVA, de Custódia Costa, onde os interessados podem adquirir os bonecos de que mais gostem.
Tanto no dia 1 como no dia 2 de junho, o Auditório Municipal de Alcácer do Sal recebe, a partir das 16h00, uma sessão gratuita de cinema em honra das crianças. Em exibição vai estar o filme de animação “A origem dos guardiões”.
As comemorações encerram no dia 3, com teatro. Neste âmbito, as escolas do 1º ciclo e o pré-escolar vão assistir no Auditório Municipal de Alcácer à peça “A lenda do menino da gralha”, pelo Teatro do Mar, em sessões marcadas para as 9h30, 11h00 e 14h00.»

27 de maio de 2013

Afinal, que é o Escritor?

«(...) o que dantes se chamava ‘escritor’, para quem a escrita começa quando o Autor entra no seu desaparecimento, na sua própria morte. (...) Agora trata-se exactamente do contrário: suprimir a escrita em proveito do Autor

António Guerreiro

Vitória! Vitória! Vitória!


26 de maio de 2013

Sobre as Elites,,,

“… porque é Portugal o único país que registou contínuos défices orçamentais desde 1974 e o primeiro país (antes da França e Alemanha) a ser objecto de um procedimento por défices excessivos? Porque não aproveitou Portugal as descidas da taxa de juro para reduzir o seu nível de endividamento, mas antes aumentou-o? Porque ocupa Portugal, um lugar cimeiro (com Reino Unido, Grécia, etc.) nas parcerias público-privadas? Porque se fez desorçamentação em larga escala (estradas, hospitais e outro investimento público)? A resposta é simples: as nossas elites (…) nunca entenderam as noções de “restrição orçamental”, “sustentabilidade” e “equidade intergeracional”.“
Paulo Trigo Pereira

25 de maio de 2013

Sobre o Relatório de Oxfam

Nem traduzo. A vergonha é tão grande que poucos, da elite em Portugal, podem ler uma notícia destas e ficarem impávidos e serenos...

«Tax on the “private” billions now stashed away in havens enough to end extreme world poverty twice over»

Siga este link e perceba como é que se resolveriam muitos dos problemas que nos afectam...

23 de maio de 2013

The Thought Project

Em que é que as pessoas deste mundo andam a pensar?
Aqui é apresentada uma colecção de 55 possibilidades...
Uma mente poderosa, por Simon Hoegsberg.

22 de maio de 2013

Insultos ou piropos??!!

- Se me apetece?? Claro que me apetece...
Nos tempos que correm, a que alguns chamam de «austeridade», andamos com uma vontade «eufórica» de chamar nomes a algumas pessoas. Mas, como dizem os doutos mestres intelectuais, este não é uma sentimento equilibrado.
- Que se danem! A língua portuguesa é bastante rica nesses qualificativos depreciativos e, por vezes, eles não soam de uma forma pesada ou vulgar. Há algumas maneiras de chamar «coisas obscenas» a quem não domina o vocabulário erudito!
As vantagens são óbvias: só percebe quem dá um ar muito mais culto. o que não é o caso dos políticos actuais...
E como todos sabemos há em Portugal quem merece ser chamado de "palhaço" ou "ameba"...

21 de maio de 2013

Sobre o Gosto


«O primeiro lugar-comum do gosto está contido na proposição com a qual cada pessoa sem gosto pensa precaver-se contra a censura: cada urna tem o seu próprio gosto. Isto equivale dizer que o princípio determinante deste juízo é simplesmente subjectivo (deleite ou dor) e que o juízo não tem nenhum direito ao necessário assentimento dos outros. O Segundo lugar-comum do gosto, que também é usado até por aqueles que concedem ao juízo de gosto o direito de expressar-se validamente por qualquer um, é: não se pode disputar sobre o gosto. O que equivale dizer que o princípio determinante de um juízo de gosto na verdade pode ser também objectivo, mas que ele não se deixa conduzir a conceitos determinados; por conseguinte, nada pode ser decidido sobre o próprio juízo através de provas, conquanto se possa perfeitamente e com direito discutir a esse respeito. 
Pois discutir e disputar são na verdade idênticos no facto que procuram produzir a sua unanimidade através da oposição recíproca dos juízos, são porém diferentes no facto que o último espera produzir essa oposição segundo conceitos determinados, enquanto argumentos, por conseguinte admite conceitos objectivos como fundamentos do juízo. Onde isso porém não for considerado factível, aí tão pouco o disputar será ajuizado como factível. Vê-se facilmente que entre esses dois lugares-comuns falta uma proposição, que na verdade não esta proverbialmente em voga, mas todavia está contida no sentido de qualquer um, nomeadamente: pode-se discutir sobre o gosto (embora não disputar). Esta proposição contém, porém, o oposto da primeira. Pois sobre o que deva ser permitido discutir tem que haver esperança de chegar a um acordo entre as partes; por conseguinte tem que se poder contar com fundamentos do juízo que não tenham validade simplesmente privada e portanto não sejam simplesmente subjectivos; ao que se contrapõe precisamente aquela proposição fundamental: cada um tem o seu próprio gosto.»
                                                                                                                                                                                          Kant, Crítica da faculdade de Julgar

20 de maio de 2013

Uma revista a ter em conta: GRANTA



Depois de se afirmar em muitos países, a revista inglesa GRANTA chega agora a Portugal. Editada pela Tinta da China, com periodicidade semestral, a revista é lançada no próximo dia 25, na Feira do Livro de Lisboa.

17 de maio de 2013

Prémio Rainha Sofia

Nuno Júdice venceu a XXII edição do Prémio Rainha Sofia de Poesia Iberoamericana, no valor de 42 mil euros.
Antes dele, só dois autores de língua portuguesa haviam sido distinguidos com o prémio: o brasileiro João Cabral de Melo Neto, em 1994, e a nossa Sophia de Mello Breyner Andresen, em 2003.
Está confirmado: somos um país de excelentes poetas. Parabéns!

16 de maio de 2013

Igreja do Espírito Santo: Exposições dão a conhecer 2.400 anos de história de Alcácer do Sal


Esta visita é fundamental para conhecer um pouco da história de Alcácer do Sal

«“Necrópole cristã – Objetos de adorno e culto na morte” é o título da primeira de um ciclo de exposições para dar a conhecer as várias centenas de vestígios encontrados no decorrer das escavações arqueológicas desenvolvidas pela Câmara Municipal de Alcácer do Sal no âmbito da recuperação do Museu Municipal Pedro Nunes, na Igreja do Espírito Santo.
Esta primeira mostra apresenta objetos de adorno e culto associados aos 60 enterramentos ali descobertos: medalhas, estatuetas, crucifixos, terços, travessões e moedas, todos com diferentes simbologias, que espelham a religiosidade associada à morte entre os séculos XVI e XIX.
As escavações arqueológicas na Igreja do Espírito Santo revelaram a ocupação daquele espaço há mais de 2.400 anos. Romanos, muçulmanos e cristãos, todos alcacerenses de diferentes épocas, usaram aquele local de diversas formas, deixando a sua marca.
O ciclo de exposições “Achados arqueológicos da Igreja do Espírito Santo” apresenta ao público o resultado deste trabalho, de forma parcial, de acordo com a temática e/ou a época das peças.
A iniciativa realiza-se no Arquivo Municipal, em frente ao local dos achados, entre 17 de maio e 17 de julho, das 9h às 12h30 e das 14h às 17h

15 de maio de 2013

D´A Piada Infinita

Há leituras monstruosas, mas delas podemos retirar algumas parcelas ágeis:

"Por mais inteligente que alguém seja, é sempre muito menos inteligente do que isso.(...) Que é possível aprender coisas importantes com pessoas estúpidas. (...) Que é simplesmente mais agradável estar contente do que chateado. (...) Que ter muito dinheiro não garante a imunidade de ninguém face ao sofrimento e ao medo. (...) Que, perversamente, muitas vezes é mais divertido querer uma coisa do que possui-la. (...) Que todas as pessoas são iguais na sua secreta e silenciosa crença de que no fundo são diferentes de todas as outras."

David Foster Wallace

14 de maio de 2013

Um verdadeiro acto falhado...

As falhas estão cada vez mais presentes.
As excepções começam a ser maiores do que a normalidade.
Há tantas anomalias que já ninguém consegue segurar as partes.
E sendo assim...
Por estes dias, por lapso, o Ministro da Presidência, Marques Guedes, chamou ao Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, "líder do maior partido da oposição".
Como reparamos ele não disse totalmente a verdade! Paulo Portas e Passos Coelho estão na frente de combate da oposição. Marcham contra Portugal!
Poderíamos, ao menos, não saber o que se passava. Mas sabemos e não gostamos!

13 de maio de 2013

Ao Tempo de Pedro Nunes


«“Alcácer dos 5 Sentidos” vai transportar Alcacerenses e visitantes numa viagem no tempo à época do ilustre matemático e astrónomo real Pedro Nunes, numa iniciativa que se realiza no dia 18 de maio. Os participantes vão partir à descoberta desta marcante personalidade através da visita a alguns monumentos e locais seus contemporâneos, como a Igreja do Espírito Santo (atual museu e sítio arqueológico), chafariz e seu painel de azulejos no largo Professor Dr. Francisco Gentil, Igreja de Santo António e Capela das Onze Mil Virgens. Posteriormente, haverá uma deslocação de autocarro até Vale de Guizo, presumível local de nascimento de Pedro Nunes, em 1502, com almoço em restaurante local.
O ponto de encontro, às 9 horas, é precisamente a praça Pedro Nunes, no coração da zona ribeirinha da cidade de Alcácer do Sal.
Os interessados em participar nesta iniciativa podem inscrever-se até quarta-feira, dia 15 de maio, sendo 25 o número máximo de participantes. Para mais informação, visite o site de “Alcácer dos 5 Sentidos”, que pode ser acedido a partir de www.cm-alcacerdosal.pt. No Posto de Turismo de Alcácer do Sal pode também encontrar informações disponíveis através do telefone 265 247 013, fax 265 247 012, telemóvel 913 581 879 ou do e-mail postoturismoalcacer@gmail.com

10 de maio de 2013

P. P. de Portas

Quando um país inteiro se coloca em dependência da ética política de Paulo Portas, está tudo dito.
Afinal Portugal é um estado de crentes!

9 de maio de 2013

Hoje é o dia da Europa

Neste dia 9 de maio festeja-se o dia da Europa.
A Europa sempre existirá, mas a Comunidade Europeia está fisicamente em ruínas.
Haverá alguém que ainda reflicta sobre isto??!!

8 de maio de 2013

Sobre a palavra escrita...

Porque todos somos através das palavras...
Porque toda a palavra pode ser escrita...
Porque é pela palavra que se forjam as revoluções...
Porque é pela palavra mudamos mentalidades...
Porque é pela palavra que garantimos direitos...
Porque é pela palavra que nos entendemos...
Usa a palavra e conquista os teus amigos.
Juntos seremos um novo futuro!

6 de maio de 2013

Mentira, Vergonha e Traição!

Hoje podemos afirmar que já ninguém tem a mínima confiança no primeiro ministro. Ouvindo o Coelho e o Portas não se sabe quem fala verdade nem quem fala mentira. Deviam ter vergonha! Saberão eles o que significa traição?
Este governo pode anunciar que amanhã o sol nascerá outra vez, mas já ninguém acreditará em tal coisa!
É o fim da linha...

4 de maio de 2013

Horários


Uma primeira consequência:
O aumento do horário da semana de trabalho para quarenta horas dará, sem grande margem de erro, mais uma turma a cada professor.
Mais turmas para cada professor significa menos professores, E como os professores são em grande número, logo, esta medida terá um grande impacto.
Esperemos que me engane!!

2 de maio de 2013

Vamos rir com os exames do 4º ano

Por indicação do Júri Nacional de Exames os miúdos do 4º ano devem assinar à entrada para o exame uma declaração na qual se comprometem a “não ter na sua posse telemóvel ou outro material não autorizado” durante a realização da prova.

1 de maio de 2013

Festejem: Hoje é o dia do Trabalhador ou do colaborador?

O dia 1 de Maio é o Dia do Trabalhador.
E esta data tem origem na primeira grande manifestação de quinhentos mil trabalhadores nas ruas de Chicago, e numa greve geral em todos os Estados Unidos, em 1886.
Três anos depois, em 1891, o Congresso Operário Internacional convocou, em França, uma manifestação anual, em homenagem às lutas sindicais de Chicago.
E estes são os factos históricos que transformaram o dia 1 de Maio no Dia do Trabalhador.

E já agora trabalhador significa aquele que trabalha. Aquele que se ocupa dos trabalhos mais difíceis. E colaborador significa aquele que colabora ou que ajuda o outro nas suas funções.
Por isso nada de confusões... "Deus é bom trabalhador, mas gosta de quem o ajuda" ...o trabalho faz parte da dignidade humana!
Por isso, deixem-me rir, o trabalhador é o patrão e nós apenas colaboramos!
Por amor de Deus!!!