26 de maio de 2013

Sobre as Elites,,,

“… porque é Portugal o único país que registou contínuos défices orçamentais desde 1974 e o primeiro país (antes da França e Alemanha) a ser objecto de um procedimento por défices excessivos? Porque não aproveitou Portugal as descidas da taxa de juro para reduzir o seu nível de endividamento, mas antes aumentou-o? Porque ocupa Portugal, um lugar cimeiro (com Reino Unido, Grécia, etc.) nas parcerias público-privadas? Porque se fez desorçamentação em larga escala (estradas, hospitais e outro investimento público)? A resposta é simples: as nossas elites (…) nunca entenderam as noções de “restrição orçamental”, “sustentabilidade” e “equidade intergeracional”.“
Paulo Trigo Pereira

Sem comentários: