6 de agosto de 2013

Estou a acabar de ler...

Estou a acabar de ler o exemplar nº 0045 de «O cultivo de flores de plástico» do Afonso Cruz.
Por falta de tempo, por ter em mãos outros livros, por estar em férias e ter a vida de pernas para o ar...
No fundo todos acabamos de ler os livros que começamos...
No fundo todos podemos acabar a viver na rua...
O quotidiano de alguns amigos que vivem  a sua amizade de forma bastante próxima. A dureza entretida das vidas na rua.
Todos vemos o que se passa através das estatísticas. Mas, no fundo, ninguém quer saber. Nem eles mesmos.
Há um pouco de tudo: militares, orações, flores, fugas, chaves e muita bebida!
Podem bater palmas: há sempre alguém a oferecer-lhe um cobertor para não ter frio. Mas antes de mais é preciso matar a fome...

Sem comentários: