3 de novembro de 2013

Quem quer ser?

A obsessão que os estudantes apresentam para serem «algo» é assustador. Eles já absorveram a lógica destruidora da competição em nome do poder e prestígio que um cargo pode dar. Muitos, fazem tudo, mesmo tudo para lá chegar. Eles tornam-se marionetas da vontade de outros.
E este é apenas um dos problemas do capitalismo: a corrupção de todas as relações humanas, em que tudo é um jogo de interesses.

Sem comentários: