18 de dezembro de 2013

"Avisos"

Os ditos "avisos" da união europeia e da troika ao nosso Tribunal Constitucional não são mais do que uma interferência inaceitável para com um órgão de soberania de Portugal.
E mesmo estando disfarçados de avisos técnico-financeiros, não estão a receber uma resposta à altura do nosso governo: este, mais uma vez, demonstra ser humilde e tacanho para com os fortes, e  apenas saber ser firme e intransigente para com os fracos.

Sem comentários: