31 de março de 2014

Dos limites...

Deixei de compreender o mundo. Já não tenho imaginação. As minhas faculdades esbarram, a todo o momento, nas coisas do mundo à minha volta, para além das quais não há mais nada. E a surpresa já não me serve. Já é tarde de mais.

Sem comentários: