16 de março de 2014

Uma escola com Valores...


A escola será sempre uma escola de valores. Em toda a comunidade escolar - alunos, professores, pessoal não docente e pais e ou encarregados de educação - há consenso quanto à necessidade, mas também quanto às dificuldades, que a escola tem de desempenhar um papel mais ativo na partilha de valores. A escola é um local de diferenças mas também um espaço de diálogo. Mas integrar todos os jovens, por vezes, exige mais do que diálogo. As conversas que descrevem os problemas morais dos jovens enchem os corredores, as salas de professores e as reuniões. "Já não existe uma clara distinção entre o bem e o mal" dizem muitos. Todos os dias somos confrontados e tentamos combater estes problemas na escola pública. O que está subjacente a estas questões? Quais são as suas causas?
Em sussurro vão-se apresentando algumas das possíveis explicações: a crise na família, o aumento do egocentrismo (Eu) e do materialismo (Ter), a difusão da personalidade na internet e, já em muitos casos, a delinquência juvenil. Nesta situação todos querem intervir. Os docentes sempre estiveram, e estão, prontos para colaborar com os Pais e Encarregados de Educação na partilha de valores.

Sem comentários: