14 de setembro de 2014

De regresso ao trabalho


Amanhã é o dia do regresso ao trabalho pleno. 
Nesta sociedade de consumidores, que procuram as formas mais simples e fáceis de vida, temos de reforçar a consciência das exigências, mesmo quando o trabalho e o esforço forem perceptíveis. Não nos podemos deslumbrar perante a abundância. Temos de fixar as nossas metas, mesmo depois do toque saída.
Mas não basta a aprendizagem de conhecimentos. Há que trabalhar o modo de vida e o modo de ser. Pensar e tomar decisões. Chega, como diz M. Foucault, "fazer operar o dizer-verdadeiro".
É só uma ideia, ou um valor, a ter em consideração.

Sem comentários: